Resenha: As Vantagens de Ser Invisível (Stephen Chbosky)

As-Vantagens-de-Ser-Invisível-nova-edição-da-Rocco“As Vantagens de Ser Invisível” não trata de questões previsíveis da adolescência, na verdade até fala dos conflitos escolares e a primeira paixonite, mas vai alem disso. Por trás da fachada de “historia de um adolescente introvertido”, existem discussões muito pertinentes: drogas, sexo, homossexualidade, gravidez na adolescência e transtornos psicológicos.

A historia é contada do ponto de vista de Charlie, um garoto de 15 anos que escreve cartas a um “amigo”. Então, o entendimento pode ficar um pouco limitado, porque o leitor só sabe aquilo que Charlie escreve.

Charlie é extremamente tímido, atormentado pelo suicídio do melhor amigo e depressivo pela morte fatídica da tia favorita, quando ainda era criança, e basicamente, se relaciona apenas com a família.

Ele acaba de se tornar um calouro da High School, o ensino médio americano, e tem esperanças de conseguir amigos na nova escola.Logo nos primeiros dias de aula conhece Patrick e Sam, meio irmãos e veteranos na High Shool. Patrick é gay, tem personalidade expansiva e vive um romance com o Brad, jogador do time de futebol que se recusa a assumir a homossexualidade. Sam é fofa, inteligente e meio maluquinha também. Ela não tem uma fama muito positiva, era conhecida como “a vadia da escola”, mas dá pra entender os motivos dela.

Então, esta é minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim.”

Charlie se apaixona por Sam a primeira vista, e tão logo também é desenganado pela garota, que diz a ele para não criar esperanças de um futuro relacionamento, ela prefere caras mais velhos. Além do trio, outros personagens rondam as cartas de Charlie: o professor Bill, que costuma emprestar livros; Mary Elizabeth, uma menina desequilibrada com que ele tem um curto relacionamento; e a própria família.

As cartas de Charlie às vezes são confusas, às vezes engraçadas e às vezes dolorosas. Existe nele um tom de melancolia e de ingenuidade que me encataram. Às vezes ele é um pouco bobo, mas por outro lado é íntegro, por isso eu o anistiei (rs).

“Não há nada como a respiração profunda depois de dar uma gargalhada. Nada no mundo se compara à barriga dolorida pelas razões certas. E essa era ótima.”

Nem todo mundo gosta, mas eu achei bom o fato do livro ser escrito em primeira pessoa. Acho que da leveza a historia. Eu gosto também desse estilo carta/diário/primeira pessoa porque aguça a imaginação do leitor.  Toda historia é parcial, portanto acho honesto esse tipo de narração, que manifesta a parcialidade do personagem, com altos e baixos, humores e descontrole.

Uma coisa deixou a desejar, – talvez esse fosse o objetivo do livro-, mas fiquei curiosa pra saber qual o transtorno psicológico de Charlie. Eu realmente não consegui descobrir. Por um momento pensei que fosse algum tipo de depressão, no entanto, com o final do livro fiquei bastante confusa. Se alguém souber o que Charlie tem, me diga por favor!! rs

Como eu posso resumir “As Vantagens de Ser Invisível”? Acho que é um livro curto que tem muito a dizer. É honesto e primoroso.

“Eu me sinto infinito.”

Eu ainda não vi o filme e estou ansiosa pra assistir.

Anúncios

25 comentários sobre “Resenha: As Vantagens de Ser Invisível (Stephen Chbosky)

  1. Quando eu peguei esse livro para ler, fiquei até com medo pois só via o pessoal falando bem e fiquei com medo de me decepcionar. Mas pelo contrario, amei o livro. Charlie é um encanto de pessoa. Logo no começo do livro já me apaixonei por ele. Acho que é alguma coisa psicológica mesmo por causa daquilo lá que aconteceu com ele.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    • Eu também estava com medo de me decepcionar, mas fiquei muito feliz por saber que não se trata de conflitos adolescentes comuns. Apesar de ser um livro teen trata das questões obvias dessa fase de um jeito incomum.
      Eu amei!

  2. que lindo é esse seu blog!!!! Tudo bem com você, Hellen?? Demorei séculos para responder o seu comentário, mas aqui estou =D Eu simplesmente amei As Vantagens de ser Invisível. É um livro tão simples, sabe, e ao mesmo tempo tão denso. Você realmente se sente especial e “infinito” ao lê-lo!

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

  3. Não sei se você percebeu isso, mas o final confuso deu a entender que o Charlie foi abusado sexualmente pela tia ellen, por isso quando ele estava com a Sam na cama, ele se lembrou dos momentos ruins…’ o final é bem pesado!

    • Oi Lucas!
      Amei seu comentário. Eu imaginei que ela tinha abusado dele, o que é realmente chocante, mas fiquei confusa no final. Daí eu me questiono… Charlie teria então um transtorno esquizofrênico ou uma depressão profunda causada pelo trauma? Obrigada pela visita Lucas!
      bjs

  4. Pelo que eu pude perceber pelo livro e o filme, o Charlie é esquizofrênico. Não tenho certeza, mas acho que esse é o distúrbio dele. O livro é perfeito, o filme também, mas os livros me encantam, sempre deixam um gostinho de quero mais e de satisfação quando você acaba aquela ótima história. Nos livros é possível você mesmo imaginar como seria cada cena.. é tudo tão mágico. Filmes são incríveis, mas livros não tem explicação. São muito melhores.

  5. De fato, Charlie não é deprimido. Na verdade, ele não apresenta qualquer tipo de transtorno psicológico. O que eu pude concluir é que ele é um adolescente altamente questionador e curioso, embora nunca se envolva demais no que acontece ao seu redor. No título original, em inglês, notamos que Charlie é comparado a uma “wallflower”, ou seja, uma ” flor de parede”, em livre tradução. Isso significa que ele é alguém que está sempre lá a observar os fatos, porém quase nunca é notado pelas pessoas que passam pela “parede”, seguindo a analogia. Espero ter ajudado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s